O que é a sonoplastia?

4 min.

Através de uma rápida consulta ao dicionário Priberam, conseguimos definir sonoplastia como “efeitos sonoros empregados no cinema, rádio e televisão, a fim de enriquecer o programa proporcionando-lhe mais realismo e vivacidade.” “Sono” (som) mais “plastia” (moldado) resulta num conjunto de sons, como músicas, sons ambientes e ruídos, e a forma como estes se combinam e moldam numa composição.

 

Sonoplastia é o processo de gravação, obtenção, manipulação e criação de elementos de áudio. Esta técnica é uma parte fundamental em áreas como o cinema, televisão, teatro, espetáculos ao vivo, sound art, pós-produção e desenvolvimento de videojogos. Habitualmente, a sonoplastia recorre a som e a música previamente gravados, mas em alguns caso pode recorrer à composição e à gravação de forma a produzir determinado efeito ou ambiente. Assim um sonoplasta precisa de desenvolver um largo conhecimento em técnicas aprofundadas de gravação, mistura e efeitos especiais de forma a criar sons únicos e interessantes.

 

Quando assiste a um filme, pensa na quantidade de especialistas que têm de estar no local de gravação da cena para captar cada movimento e som, desde a batida dos cascos de um cavalo, à sua respiração, passando pelo som das folhas das árvores? Nunca refletiu sobre isto? Não precisa, a verdade é que a maioria dos sons são adicionados posteriormente. Ora veja este exemplo de como foi feito o sound design de algumas das grandes produções de Hollywood.

 

 

Na sonoplastia, a música e os elementos sonoros são determinantes para a construção da imagem que se forma na mente de quem ouve. É um daqueles casos em que é fácil não prestar atenção quando está bem feita, mas automaticamente se identifica quando não está presente ou é de fraca qualidade. Um dos aspetos mais óbvios nesta área é a música, repare no vídeo seguinte e veja como a simples mudança da música altera a cena do filme “Piratas dos Caraíbas”:

 

 

O som é um dos aspetos mais determinantes de um vídeo. Não acredita? Experimente ver o vídeo que se segue sem som e depois experimente ligar o som e fechar os olhos.

 

 

Agora imagine que está a ver um filme com pouca qualidade visual mas que o som que o acompanha é perfeito e experimente ter a experiência contrária. Qual dos filmes acha que vai desistir de ver primeiro?

 

A maioria dos sons captados na criação de um vídeo resumem-se à voz dos atores, isto porque esta necessita de ser o mais perfeita possível e não pode ser adicionada posteriormente - excepto no caso das narrações que também merecem uma atenção especial, mas sobre isso convidamo-lo a conhecer um outro artigo. Assim não é possível fazer o mesmo em relação a cada um dos outros sons que compõem o vídeo. Para além disso, conseguir replicar uma composição sonora ou todo um ambiente é uma tarefa titânica se não for feita através da sonoplastia.

 

No vídeo que se segue, poderá ver como foi feita a sonoplastia do filme Fight Club e até da saga Guerra das Estrelas.

 

 

Não deixe que os seus vídeos sejam destruídos por uma sonoplastia descuidada, fale connosco e crie o vídeo que o seu negócio precisa.

Tags

Receba os nossos artigos
diretamente no seu e-mail